Aeroporto de Ribeirão poderá operar internacionalmente

O governo paulista deverá encaminhar ao Ministério da Defesa, na próxima semana, um documento pedindo a habilitação para que o Aeroporto Leite Lopes, de Ribeirão Preto, possa operar internacionalmente, independente da concessão para a privatização. A medida foi anunciada hoje pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Outra medida será o Departamento de Aviação Aérea de São Paulo (Daesp) permitir que o aeroporto que tenha um armazém alfandegário, facilitando exportações e importações na região. As iniciativas seriam tomadas enquanto não sai a concessão, que depende do marco regulatório, que é uma regra federal. O edital está pronto, mas depende desse marco regulatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.