AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Aeroporto de Ribeirão Preto será interditado para reforma

A partir da próxima quinta-feira, 1º, o Aeroporto Leite Lopes, de Ribeirão Preto, estará interditado, por três meses, para reformas na pista, nos pátios e acessos (obras licitadas em R$ 33,6 milhões), que começaram em 17 de abril. Os principais vôos regulares do município, de quatro empresas (TAM, Gol, Pantanal, Ocean Air e BRA), serão transferidos para o Aeroporto Bartholomeu de Gusmão, em Araraquara. Duas empresas (Passaredo e Total Linhas Aéreas), no entanto, optaram pelo Aeroporto de Franca. As companhias aéreas irão transportar os passageiros de Ribeirão Preto, de ônibus, até os novos locais de decolagens e pousos - esse deslocamento demorará mais de uma hora.A pista do aeroporto de Ribeirão Preto foi construída na década de 1950 e sua vida útil está vencida. Por isso, precisa de recapeamento para que os pousos e decolagens tenham segurança. O primeiro vôo transferido de Ribeirão Preto para Araraquara será um noturno, da TAM, já na noite de quarta-feira. Com a transferência dos vôos de Ribeirão Preto, Araraquara terá 26 operações diárias. Isso irá aumentar a média de passageiros no aeroporto local, passando de 15 mil, de todo o ano de 2005, para 35 mil pessoas por mês. Araraquara ainda terá um novo terminal de passageiros, orçado em R$ 4,7 milhões. A cidade espera ganhar, com a transferência, arrecadação imediata nas áreas de alimentação e transporte. A intenção da prefeitura também é negociar a permanência de vôos regulares após o período de reforma de Ribeirão Preto.

Agencia Estado,

29 de maio de 2006 | 16h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.