Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, sofre apagão

Falta de luz atingiu terminal na manhã deste sábado e reflexos ainda são sentidos por passageiros

Célia Froufe, O Estado de S. Paulo

02 Março 2013 | 11h18

O Aeroporto Internacional de Brasília, Juscelino Kubitschek, sofreu um apagão na manhã deste sábado e os reflexos da suspensão de energia ainda são sentidos pelos passageiros que chegam ao terminal. A falta de luz fez com que os horários de voos que partem da cidade ficassem encavalados e, de acordo com usuários do local, o aeroporto está cheio.

A assessoria de imprensa da Inframerica, consórcio que administra o aeroporto, informou que conta com o restabelecimento da grade horária de forma gradual ao longo do dia, mas não soube dizer uma previsão de Horário.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuário (Infraero), havia, pouco antes das 11 horas, apenas três voos com atraso superior a meia hora. Um deles é da companhia Gol, com destino a Belo Horizonte e previsão de saída às 9h35. Outro, da mesma companhia, com o Rio de Janeiro como destino e previsão de decolar às 10h40. Um

terceiro da Avianca, com destino Curitiba e previsão de saída às 10h20. Pelo site da Infraero é possível identificar, no entanto, que seis voos entre as 8h05 e às 10h14 foram cancelados.

A Inframerica informou que, por volta das 6 horas da manhã, uma série de oscilações na linha de transmissão de energia que abastece o aeroporto gerou uma pane no sistema e isso ocasionou a falha na distribuição de energia no terminal. Às 8:45, o sistema foi restabelecido, conforme nota do consórcio. A assessoria não soube informar se o apagão também causou atrasos nos voos que chegam ao Distrito Federal. A capacidade do aeroporto é de 11 milhões de passageiros por ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.