Aeroporto Santos Dumont tem dia de caos após fechar duas vezes no Rio

Após suspender pousos, terminal opera por instrumentos e registra atrasos e cancelamentos

Juliane Freitas e Priscila Trindade, do estadão.com.br, estadão.com.br

02 Janeiro 2012 | 14h36

SÃO PAULO - O aeroporto Santos Dumont, no Rio, virou um caos nesta segunda-feira, 2, após fechar duas vezes durante a manhã. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), praticamente todos os voos previstos tiveram atrasos superiores a meia hora ou foram cancelados.

Por causa do mau tempo na capital fluminense, o terminal aéreo fechou para pousos por mais de uma hora, entre 8h30 e 9h50, e, novamente, entre 11h30 e 11h45. Desde então, o terminal opera com o auxílio de instrumentos.

Dos 82 voos previstos até às 14h15, 38 foram cancelados e 41 registraram atrasos. Vinte aeronaves que deveriam pousar lá, foram transferidas para o Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador. Até às 16 horas, das 106 partidas programadas, 38 (35.8%) atrasaram e 35 (33%) foram canceladas.

Os passageiros também enfrentam problemas no Galeão, onde 69 (51.1%) das 135 decolagens previstas até às 16 horas atrasaram e 4 (3%) foram canceladas. O terminal também opera por instrumentos devido ao mau tempo.

Chuva. O Rio está em estado de atenção por causa das chuvas que caem na região desde sábado, de acordo com a Prefeitura. Algumas bairros de Duque de Caxias nas imediações do Rio Sarapuí também estão em alerta com a possibilidade de enchentes. O rio também passa por Nilópolis, Mesquita, São João de Meriti e Belford Roxo.

 O texto foi atualizado às 16h30.

Mais conteúdo sobre:
aeroportos Santos Dumont Rio chuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.