GERALDO BUBNIAK/FOTOARENA/PAGOS
GERALDO BUBNIAK/FOTOARENA/PAGOS

Aeroportos brasileiros registram melhor avaliação desde 2013

Pesquisa Satisfação do Passageiro aponta que 89% consideram serviços ótimos ou bons; Curitiba segue na primeira posição no levantamento

Lu Aiko Otta, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2016 | 12h59

BRASÍLIA - A pesquisa Satisfação do Passageiro realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, divulgada nesta terça-feira, 25, mostra que a avaliação geral dos aeroportos brasileiros melhorou no terceiro trimestre do ano. Eles obtiveram uma média geral de 4,24 (em uma escala de 1 a 5), ante 4,16 no trimestre anterior. É a maior pontuação registrada desde 2013, quando começou a pesquisa.

O dado indica que 89% dos passageiros consideraram os serviços ótimos ou bons. Esse desempenho, diz o ministério, coloca o Brasil no nível de satisfação registrado nos aeroportos asiáticos, tidos como os melhores do mundo.

Entre os aeroportos avaliados, a maior evolução positiva foi registrada no Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com crescimento de 10,2%. O Aeroporto de Brasília obteve nota máxima em cinco dos seis quesitos pesquisados, mas ficou com média 4,22 por causa do elevado preço cobrado em suas lanchonetes e restaurantes.

Dos 15 aeroportos pesquisados, o único a apresentar decréscimo foi o de Fortaleza, com queda e 0,3% e nota média 4,17. O dado foi considerado uma oscilação pelo ministério.

Cuiabá segue com a pior nota de avaliação, mas apresentou um avanço de 8% em sua nota em comparação com a pesquisa anterior.

Por ordem decrescente, o ranking dos aeroportos é o seguinte: Curitiba, Guarulhos, Recife, Santos Dumont, Campinas, Natal, Porto Alegre, Manaus, Brasília, Confins, Fortaleza, Galeão, Congonhas, Salvador e Cuiabá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.