Aeroportos do País ainda registram alguns atrasos

Alguns aeroportos brasileiros ainda registravam atrasos na manhã desta quarta-feira. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, pelo menos quatro vôos estavam atrasados por volta das 9 horas, sendo três partidas e uma chegada.Um vôo de Porto Alegre para São Paulo estava atrasado em mais de duas horas. As partidas fora do horário previsto eram para Presidente Prudente e Araçatuba, no interior paulista, e para Curitiba. Nos guichês das empresas aéreas, não havia filas na manhã desta quarta-feira.No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, quatro vôos registravam 30 minutos de atraso às 10 horas desta quarta-feira.No Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, um número pequeno de passageiros circulava pelo saguão nesta manhã. Até as 10 horas, foram registrados dois atrasos e dois cancelamentos de vôos. As próximas saídas e chegadas estavam previstas para o horário programado.Apesar da chuva, o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, funcionava normalmente para pousos e decolagens. A situação era normal, com um número reduzido de passageiros circulando pelo saguão. Até as 9h30, não havia registro de vôos cancelados ou atrasados.No Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, 15 decolagens foram confirmadas na manhã desta quarta-feira. O fluxo de passageiros era grande no balcão da Gol, empresa aérea responsável pela maioria dos vôos. Outras 16 chegadas também foram confirmadas. No Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, de acordo com os painéis da Infraero, também não foram registrados atrasos ou cancelamentos até as 10 horas.CancelamentosA Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) decidiu que não aplicará nenhuma multa às companhias aéreas pelos 231 vôos cancelados durante o período de réveillon. O órgão concluiu que os passageiros que dispunham de bilhetes conseguiram viajar de 29 de dezembro até terça-feira. A Anac deve divulgar ainda nesta quarta o balanço oficial sobre o plano de emergência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.