JF Diório/AE
JF Diório/AE

Aeroportos registram 32,4% de atrasos nos voos, diz Infraero

Situação era pior nos terminais aéreos do Galeão, no Rio, e de Congonhas e Cumbica, em São Paulo

Marília Lopes, Central de Notícias

03 de janeiro de 2011 | 16h17

SÃO PAULO - Os aeroportos brasileiros registravam 32,4% de atrasos em voos domésticos até as 16 horas desta segunda-feira, 3. Das 1.720 operações previstas, 558 sofreram atrasos superiores a meia hora e 67 foram canceladas.

 

Veja também:

lista Acompanhe boletins dos aeroportos de hora em hora

 

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, tem 37,4% de voos atrasados desde a 0h de hoje.

Já em Congonhas, na zona sul da capital paulista, o atraso atinge 38,3%. O índice de cancelamentos é de 11,7%. Os dois terminais operam por instrumentos - quando o piloto necessita de equipamentos especiais para alinhar a aeronave com a pista -, mas estão abertos para pousos e decolagens, informou a Infraero.

No Rio de Janeiro, o Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão) registrava 38,5% de voos com atrasos superiores a meia hora. No Santos Dumont, também na capital fluminense, os atrasos chegavam a 29,8 das operações e os cancelamentos, a 6,7%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.