Aeroportos têm 21,7% de atrasos; 121 vôos são cancelados

Tancredo Neves, de Belo Horizonte, e Galeão, no Rio, registram os maiores índices pelo mau tempo

Fabio M. Michel, estadao.com.br

26 de dezembro de 2008 | 17h36

Boletim divulgado pela Infraero às 17 horas mostra que, das 1394 decolagens previstas para esta sexta-feira nos aeroportos do País, 302 delas - equivalentes a 21,7% - registraram atrasos de mais de meia hora. O número de cancelamentos é significativo: 121 do total de operações (8,7%). A Gol mantém a liderança entre os atrasos, com mais de 40% dos seus vôos.   Veja também:  Anac e Gol definem nesta sexta soluções para atrasos dos vôos  Mau tempo fecha Aeroporto de Confins  Confira a situação dos aeroportos no site da Infraero        Entre os principais terminais, o Tancredo Neves, de Belo Horizonte, e o do Galeão, no Rio, registram os maiores índices de atrasos, por conta das chuvas, que obrigaram ambos a períodos de paralisações na tarde desta sexta. O aeroporto mineiro registra 56,7% de vôos fora do horário (38, de 67 operações) e o do Rio, 31% (38 atrasos, de 122 decolagens).   O boletim por empresas aponta a Gol com atrasos de mais de 30 minutos em 40,3% ou 172 dos 427 dos vôos programados até às 17 horas. A Varig (do grupo Gol), por sua vez, apresentou atrasos em 28,3% das decolagens previstas até esse horário, entre os 113 vôos previstos.   A WebJet também apresentou alto índice de atrasos nesta sexta-feira. Dos 47 vôos programados 27,7% tiveram atrasos superiores a meia hora. Na TAM, 8,3% das decolagens sofreram atrasos, enquanto na OceanAir o índice ficou em 5,8%. A novata Azul não registrava atrasos entre os 12 vôos programados até às 17hs.    

Tudo o que sabemos sobre:
crise aéreaInfraeroAnac

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.