Aeroportos têm situação tranqüila nesta véspera de Páscoa

Segundo a Infraero, apenas 4% dos vôos atrasaram e 13,3% foram cancelados

Flavio Leonel, da Agência Estado,

22 de março de 2008 | 19h31

Os passageiros continuam encontrando uma situação sem maiores problemas nos aeroportos brasileiros no período da noite deste sábado, 22, véspera da Páscoa. De acordo com o mais recente boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), 53 (4,0%) dos 1.319 vôos programados apresentaram atrasos e 176 (13,3%) foram cancelados desde a zero hora até as 19 horas de deste sábado, 22. A Infraero também informou que, das 18 horas às 19 horas, 18 partidas sofreram atrasos, o que representou 1,4% do total.   Durante todo o dia até o horário de divulgação do boletim, o Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, permaneceu sem vôos atrasados. De um total de 136 partidas programadas, 46 (33,8%) foram canceladas. No Aeroporto Internacional Governador Franco Montoro, em Guarulhos (SP), sete vôos (4,2%) dos 167 agendados apresentaram atrasos e cinco (3,0%) foram cancelados.   Em Brasília, o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, registrou seis vôos (3,4%) com atraso, dos 175 programados. Na capital federal, sete (4,0%) vôos foram cancelados. No Aeroporto Internacional Tancredo Neves, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), apenas um vôo (1,9%) atrasou durante todo o dia até as 19 horas e sete (13%) foram cancelados, de um total de 54. Em Porto Alegre (RS), no Aeroporto Internacional Salgado Filho, dois (4,4%) dos 45 vôos programados sofreram atraso e nove (20%) foram cancelados.   No Rio de Janeiro, o Aeroporto Internacional Tom Jobim contou com nove (7,0%) vôos atrasados de 128 programados. Quanto aos cancelamentos, a Infraero informou que o aeroporto apresentou 20 vôos (15,6%) nesta condição. Também no Rio, no Aeroporto Santos Dumont, houve apenas um (4,2%) atraso e quatro vôos (16,7%) foram cancelados, de um total de 24.

Tudo o que sabemos sobre:
Infraero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.