Aeroportuários suspendem greve marcada para quarta-feira

A diretoria da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) e a Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Aeroportuários (Sina) chegaram a um acordo e suspenderam, nesta segunda-feira, 9, a greve marcada para quarta-feira, 11. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Infraero, José Gomes Alencar, a greve foi suspensa porque a Infraero fez uma proposta de reajuste salarial de 6% para a categoria. A proposta foi feita pelo presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, numa reunião em Brasília, na sede da estatal. José Gomes Alencar informou que a proposta de um reajuste de 6% será avaliada pela categoria em assembléias que serão realizadas em todo o País pelos aeroportuários, sem interrupção dos serviços, na próxima sexta-feira, 13. Se a categoria aceitar a proposta, a Infraero passará a gastar R$ 28 milhões a mais, por ano, incluídos nesse valor não apenas o reajuste, mas também promoções e aumento no valor do vale-refeição. Caso os aeroportuários não aceitem a proposta de 6%, a categoria pedirá ao governo o reinício das negociações.

Tânia Monteiro, do Estadão

09 Julho 2007 | 18h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.