Aeroviários de Guarulhos aceitam aumento proposto pelas empresas do setor

Reajuste será de 6,5%, percentagem aceita também pelo sindicato de Pernambuco; resultado das assembleias de Porto Alegre e Campinas ainda é aguardado

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

22 de dezembro de 2011 | 20h00

SÃO PAULO - Os sindicatos dos aeroviários de Guarulhos e de Pernambuco aceitaram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira, 22, o reajuste de 6,5% proposto pelas empresas do setor e não irão mais entrar em greve, informou a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac). A Federação aguarda o resultado das assembleias de Porto Alegre e de Campinas.

 

Em audiência de conciliação entre patrões e empregados no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP), o presidente do Tribunal, havia determinado que pelo menos 80% dos trabalhadores estejam em atividade durante os feriados de Natal e Ano Novo (dias 23, 24, 29, 30 e 31 de dezembro). Essa medida havia feito a greve perder força.

 

Os aeroviários (profissionais que trabalham em terra nos aeroportos) do Estado do Rio de Janeiro, de Salvador e de Brasília entraram em greve às 17h30 desta quinta-feira, 22, por tempo indeterminado. As informações são da assessoria de imprensa do Sindicato Nacional dos Aeroviários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.