Agência se reúne amanhã com empresas

A Anac deve reunir-se amanhã e sexta-feira com as empresas para redefinir toda a malha aérea do País. O Conac já havia determinado um prazo de 60 dias para que isso fosse feito. Na próxima semana, já devem entrar em vigor algumas das novas rotas aéreas, visando a desafogar Congonhas. Outra medida é passar para as companhias a responsabilidade sobre as informações prestadas aos passageiros sobre seus vôos, em caso de atrasos ou cancelamentos. A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) ainda terá de disponibilizar os locais adequados para isso nos aeroportos e liberar espaços atualmente ociosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.