Reprodução
Reprodução

Agência vai apurar tumulto em rede ferroviária no Rio

Após trem parar, passageiros protestaram e entraram em confronto com batalhão ferroviário

09 Fevereiro 2012 | 11h05

A Agência Reguladora de Transportes do Rio de Janeiro (Agetransp) instaurou processo nesta quinta-feira, 9, para apurar os motivos da interrupção da circulação de trens do ramal Deodoro, no Rio, no começo da manhã.

Por volta das 7h, um trem que seguia de Queimados para a Central do Brasil apresentou um problema operacional e não pôde continuar sua viagem, parando próximo à estação Sampaio. Os passageiros foram obrigados a descer e andar pelos trilhos. Alguns passageiros que ficaram na composição viajaram pendurados do lado de fora do vagão.

Devido à paralisação, passageiros deram início a um tumulto e entraram em confronto com policiais ferroviários. Equipes de fiscalização da Agetransp foram enviadas ao local para apurar os motivos do incidente.

Mais conteúdo sobre:
trem, RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.