Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Agências de viagens terão menos ingressos para o Sambódromo em 2004

As agências de viagens que se habilitaram a adquirir pacotes para o Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro terão que reduzir a quantidade de ingressos que vão oferecer a seus cliente, porque os pedidos já superam o total disponibilizado pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e pela Riotur.O prazo para que as empresas encaminhassem os pedidos à Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) termina hoje. O critério para o fornecimento de ingressos é o da ordem da solicitação, mas é óbvio que, diante da grande procura, nem todas vão le var o que pediram e algumas sequer vão levar alguma coisa.Nos próximos dias, a ABAV encaminha às agências uma recomendação para que reduzam a quantidade de ingressos pedidos. Até o próximo dia 15, a entidade confirma para as interessadas a quantidade de ingressos a que terão direito. Os ingressos ficam no setor turístico do Sambódromo (setor 9). Foram disponibilizados 2.304 lugares na arquibancada e 900 lugares em frisas do mesmo setor.Para o Domingo, primeiro dia do desfile, as solicitações das agências somam mais de 6 mil lugares, o dobro do total ofertado. "No ano passado, o número de solicitações foi bem menor e um único setor deu para atender, sem muitos problemas, a demanda das a gências. Neste ano, a expectativa das agências mostra que a distribuição será complicada", avaliou. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

29 de agosto de 2003 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.