Agente penitenciário é baleado em Praia Grande (SP)

O agente penitenciário Joelson Souza Maia, de 37 anos, foi atingido por quatro tiros na noite desta sábado, em frente a um bar, no Jardim Melvi, em Praia Grande, perto de sua residência. Joelson está internado na Santa Casa do município, onde será operado. Seu quadro é considerado grave. De acordo com os médicos, o carcereiro sofreu uma hemorragia pulmonar.O agente trabalhava como guarda de muralhas na Penitenciária 2 de São Vicente, localizada no km 66 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. Segundo testemunhas, dois homens pilotando bicicletas passaram em frente ao bar e disparando vários tiros contra o agente, que foi levado às pressas para a Santa Casa.Em menos de 24 horas, dois policiais foram atingidos por disparos na Praia Grande. O tenente reformado da PM, Newton dos Santos Ramos, foi morto na noite de sexta-feira em sua residência, sendo enterrado no final da tarde de sexta. Os dois crimes estão sendo atribuídos ao PCC.Outros ataquesVárias investidas do Primeiro Comando da Capital (PCC) contra alvos civis foram registrados entre a noite de sexta-feira e a tarde deste sábado na capital e cidades do interior paulista. No ataque mais recente, às 12h30, três homens e duas mulheres incendiaram um ônibus no Jardim Novo Campos Elísios, em Campinas.Antes de atearem fogo, o bando pediu para que os ocupantes descessem. Ninguém ficou ferido. Foi o único atentado promovido pela facção criminosa à luz do dia nesse fim de semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.