Agentes penitenciários ameaçam entrar em greve

Os agentes penitenciários ameaçam entrar emgreve a partir de sexta-feira. A paralisação será decidida em assembléia marcada para às 11 horas de sexta em frente ao prédio da Casa de Detenção na avenida Cruzeiro do Sul, em Santana, zona norte de São Paulo. A realização da assembléia foi decidida hoje na reunião plenáriada diretoria do sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional doEstado de São Paulo. ?Queremos que a greve seja decretadade imediato e em seguida nós sairemos em caravana até a sede daSecretaria de Administração Penitenciária ou ao Palácio dosBandeirantes, onde entregaremos uma longa pauta de reivindicações,exigindo desde reajuste salarial até melhoria na segurança dacategoria?, disse Nilson de Oliveira presidente do sindicato.Ele destacou que os agentes penitenciários estão trabalhandointranqüilos e com medo. Oliveira citou o caso do diretor deimprensa do sindicato Nilton Fraga da Silva, que foi ?torturado eespancado por presos da Penitenciária do Estado?. O líder sindical disse temer que a situação nos presídiosse agrave nos próximos dias. ?Com certeza vai haver derramede sangue?, prevê Oliveira. ?Como o governo endureceu, osintegrantes do PCC não vão deixar barato; vão pegar reféns ematar, como determina estatuto da organização clandestina?.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2001 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.