Agentes penitenciários de SP em greve terão ponto cortado

A Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo informou ao Sindicato dos Agentes Penitenciários que o ponto dos trabalhadores em greve será cortado. O governo ainda convocou todos os agentes para trabalharem no fim de semana, quando acontecem as visitas aos presos. A categoria deve se reunir para discutir o assunto nesta sexta-feira. Para a secretaria, caiu a adesão ao movimento grevista. Os funcionários de cinco das 86 unidades que estavam parcialmente paralisadas retomaram suas atividades ontem, quando 392 agentes não compareceram ao trabalho. A secretaria conta em seu quadro com 18.457 agentes.A Secretaria da Administração Penitenciária espera que as visitas, a entrega dos "jumbos" (sacolas com alimentos) e a segurança não sejam prejudicadas neste fim de semana. Os serviços de alimentação, saúde e alvará de soltura, nesses dois dias de paralisação parcial, funcionaram normalmente. Para que a negociação com a categoria possa ter prosseguimento, a secretaria espera que na assembléia desta sexta-feira a categoria decida encerrar a greve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.