Agentes penitenciários do Paraná iniciam greve

A greve por tempo indeterminado anunciada nesta semana por agentes penitenciários terceirizados do Paraná, teve início no primeiro minuto desta sexta-feira. O movimento atinge seis unidades prisionais do Estado: Casa da Custódia de Curitiba, Penitenciária Estadual de Piraquara, Casa de Custódia de Londrina, Penitenciária Industrial de Guarapuava, Penitenciária de Cascavel e Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu. Ao todo, são 900 agentes que reivindicam aumento de 30% ? 10% de reposição e 20% em forma de gratificação porperigo de morte ? além da elevação do auxílio-alimentação dos R$ 35 atuais para R$ 150, informou o site Tudo Paraná.O governo do estado afirma que a adesão à paralisação é mínima, já o Sindicato dos Trabalhadores nas EmpresasAdministradoras de Casas de Custódia e Penitenciárias do Estado afirma que a adesão passa de 80%.Durante o dia, os agentes tentarão negociar as reivindicações com as empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.