Agentes penitenciários suspendem greve no Espírito Santo

Paralisação da categoria teve início no dia 4 de agosto

Priscila Trindade, estadão.com.br

11 Agosto 2011 | 11h36

SÃO PAULO - O Sindicato dos Agentes do Sistema Penitenciário do Espírito Santo (Sindaspes) decidiu suspender a greve a partir da 0 hora desta quinta-feira, 11. A decisão pelo fim da greve dos agentes penitenciários foi tomada nesta quinta-feira pela categoria em assembleia geral.

 

A categoria iniciou a paralisação no dia 4 de agosto, quando rejeitou a proposta do Governo do Estado de resolver os problemas dos trabalhadores num longo cronograma. Entre as reivindicações dos agentes estão ajustes da proposta de plano de carreiras e elaboração de uma norma para regulamentar o pagamento de horas extras.

 

Durante a greve, os agentes mantiveram a segurança e as necessidades básicas das unidades. Foram suspensas as escoltas e recebimento de presos, atendimento jurídico, visitas íntimas e de familiares, além do banho de sol.

 

Segundo o Sindaspes, os agentes penitenciários decidiram pelo fim da greve devido aos pedidos da Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa e da Comissão de Mães de Detentos do Espírito Santo. Eles retomaram o estado de greve.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.