Água volta a jorrar na principal nascente do São Francisco

Água volta a jorrar na principal nascente do São Francisco

Local chegou a ficar seco pela primeira vez na história, mas chuva intensa dos últimos dias mudou novamente o cenário

Rene Moreira , Especial para O Estado

01 Dezembro 2014 | 20h14

FRANCA - Após mais de dois meses sem água, a principal nascente do Rio São Francisco, no Parque Nacional Serra da Canastra, em Minas Gerais, voltou a jorrar água nos últimos dias. O motivo foi a chuva intensa que ajudou a amenizar os efeitos da estiagem, a pior dos últimos 30 anos na região.

Os primeiros sinais de água foram notados há quatro dias em alguns "olhos d'água". Pouco depois já começou a brotar água suficiente para mudar também o cenário da principal nascente e das vegetações da área.

A confirmação do retorno da água foi feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Após a seca recorde, já choveu no Parque 370 milímetros de chuva, quantidade suficiente para recuperar o lençol freático.

A chuva também ocasionou deslizamentos de terra e tem causado interdições, o que torna difícil chegar à nascente do Rio São Francisco. Mas adeptos ao turismo de aventura divulgaram algumas fotos que teriam sido tiradas recentemente no local, principal ponto turístico do parque.

A nascente do São Francisco está na área de preservação da Região Centro-Oeste de Minas. O rio, um dos mais importantes do País, tem 2.700 quilômetros de extensão.

Mais conteúdo sobre:
crise da água Rio São Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.