Ainda não foi decidido destino de Beira-Mar, diz Dirceu

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse que o governo ainda não decidiu se o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, continuará preso na penitenciária de Presidente Bernardes, em São Paulo, ou será removido para outro lugar do País."Vamos tomar a decisão na hora certa, dar um destino a ele que garanta as condições de segurança necessárias no caso de um preso de sua periculosidade", afirmou.Veja o especial:

Agencia Estado,

05 de março de 2003 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.