Ainda resta fantasia para quem quer desfilar no carnaval de SP

Foliões devem se apressar, pois as 14 escolas do Grupo Especial já venderam quase todas as unidades

Marcela Spinosa e Elisa Estronioli, do Jornal da Tarde,

31 de janeiro de 2008 | 08h41

Ainda tem fantasia para quem pretende desfilar sexta e sábado no sambódromo do Anhembi. Mas o folião deve se apressar para garantir o seu adereço, pois as 14 escolas do Grupo Especial já venderam quase todas as unidades. Em algumas agremiações, como a Nenê de Vila Matilde, restam poucos trajes em apenas algumas alas. Em outras, não adianta nem tentar. Na Águia de Ouro, por exemplo, não há nenhuma fantasia disponível para venda. Os preços das fantasias variam de escola para escola. O pagamento pode ser feito à vista e parcelado no cheque ou cartão. Os trajes são vendidos nas quadras das agremiações e também pela internet. No site das escolas é possível verificar quais fantasias ainda estão disponíveis e pegar o telefone do responsável pela venda. Já quem não quiser comprar pode alugar uma roupa para brincar o carnaval. A escola de samba Camisa Verde e Branco reservou 50 fantasias para locação. A agremiação está alugando esses trajes por R$ 100. Depois da apresentação no sambódromo, o folião deve devolver a roupa na agremiação. "Depois do carnaval nós venderemos essas fantasias para as escolas de samba do Interior para elas usarem em seus desfiles", contou a secretária geral da agremiação, Luana Penteado. IngressosAté esta quarta-feira, 30, foram vendidos 97,5% do total de ingressos para o desfile do Grupo Especial do carnaval de São Paulo 2008. Há disponíveis para a venda hoje apenas 3% dos ingressos para cada dia. Esses números correspondem ao balanço feito pela Ingresso Fácil, empresa responsável pelas vendas dos bilhetes, ontem no final da tarde, depois do fechamento das bilheterias.Para o desfile desta sexta-feira, 1, só estavam disponíveis as cadeiras de pista do setor E e as mesas de pista, exceto do setor H, que já esgotaram. Para o sábado de carnaval, sobraram lugares apenas na arquibancada do setor G, nas cadeiras de pista do setor E e nas mesas de pista, exceto as do setor H. As cadeiras de pista do setor E custam R$140 para os desfiles de sexta e sábado. A arquibancada do setor G está no setor turista, com ingressos a R$110 com direito a kit especial (almofada, porta-treco, boné e capa de chuva) e ainda um tradutor. Os preços das mesas de pista variam de R$ 700 a R$1.340 (mesa com quatro lugares).Além das bilheterias do Anhembi, os ingressos podem ser comprados nos estádios do Morumbi, Pacaembu, Parque Antártica e Canindé, no Ginásio do Ibirapuera, no Parque São Jorge, no estádio Bruno José Daniel (Santo André) e nas lojas Pitta Sports e Shopping Moto e Aventura. Os pontos-de-venda funcionam das 11h às 17h. Também é possível comprar os ingressos pelo telefone (11) 2162-7250 ou pelo site www.ingressofacil.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.