Airbus já tinha problema no flap, dizem funcionários da TAM

Na véspera do acidente do vôo 3054, equipe fez uma vistoria na aeronave, mas a empresa não confirma pedido

João Domingos

02 de agosto de 2007 | 17h41

Funcionários da TAM Linhas Aéreas que trabalham no Aeroporto Internacional de Campo Grande disseram nesta quinta-feira, 2, que o piloto do Airbus prefixo MBK (a mesma aeronave que caiu em Congonhas, São Paulo) reclamou de problemas no flap - sistema de frenagem aerodinâmica nas asas do avião -, ao pousar na noite do dia 16, véspera da tragédia.   Veja também:   Caixa-preta aponta que piloto não conseguiu desacelerar Airbus   CPI quer inquérito sobre vazamento de dados da caixa-preta  Quem são as vítimas do vôo 3054  Cronologia da crise aérea  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054     Segundo eles, a equipe de pista fez uma vistoria na aeronave, porém a empresa não confirma o pedido do piloto, segundo nota da diretoria da TAM em São Paulo. Os passageiros de Campo Grande, embarcaram no vôo das 5h da manhã, sem qualquer comunicado a respeito.   Segundo a TAM, "quando o Airbus A320 de prefixo MBK chegou em Campo Grande, ainda no dia 16/07/2007, a aeronave foi recebida pela manutenção sem reporte algum de problema". Entretanto, mais adiante acrescenta que "durante a inspeção de pernoite, como parte da rotina, a equipe de manutenção imprimiu um relatório pelo computador de manutenção (Post Flight Report - PFR) da aeronave, que indicou que poderia haver uma falha, classificada como menor, no sensor do flap".   A empresa explica que, baseada nessa suspeita, a equipe de inspeção resolveu examinar o problema, apenas utilizando o sistema de computação do Airbus. "Esta equipe, seguindo o manual do fabricante, realizou então o auto-teste do computador LGCIU (Landing Gear Control and Interface Unit). Ao executar este teste, a indicação em questão não mais se apresentou e a aeronave foi liberada". Como ressalva, a TAM ressalta que "é importante lembrar que o LGCIU não tem nenhuma relação com o sistema de freio da aeronave".

Tudo o que sabemos sobre:
Vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.