Airbus não se destruiu durante voo, aponta relatório da França

Relatório apresentado pelas autoridades francesas aponta que avião se chocou contra a água em alta velocidade

02 Julho 2009 | 10h18

O Airbus A330 da Air France não se destruiu durante o voo antes de se chocar contra o Oceano Atlântico. A aeronave que fazia o voo 447 se chocou em alta velocidade contra o mar, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira, 2. Autoridades francesas apresentam um relatório sobre o acidente com o avião que caiu na rota Rio-Paris na noite do dia 31 de maio, causando a morte das 228 pessoas a bordo. O Airbus parece ter sido impactado contra a água "em linha de voo", o que significa que o avião se chocou contra o oceano em forte aceleração vertical, explicou Alain Bouillard, do Escritório de Investigações e Análises sobre a Aviação Civil (BEA).

 

Veja também

documento Relatório da BEA sobre o acidente (em inglês)

especialLeia íntegra da entrevista com o diretor da Air France

link Busca por caixa-preta vai durar mais 20 dias

lista Todas as notícias sobre o Voo 447

especialEspecial: Os desaparecidos do voo 447

especial Especial: Passo a passo do voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas do Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas da FAB pelo Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: homenagem às vítimas

especialCronologia das tragédias da aviação brasileira

especialCronologia dos piores acidentes aéreos do mundo 

 

Um mês após o acidente, as caixas-pretas do Airbus ainda não foram encontradas pelas equipes de busca. Sem a caixa preta, os especialistas franceses vão tirar as conclusões sobre o acidente usando informações obtidas a partir dos corpos encontrados, dos destroços e dos avisos do avião antes do acidente, de acordo com a Air France.

 

Os equipamentos que monitoram a velocidade na parte externa do avião podem ter congelado, o que faria com que a aeronave recebesse informações incorretas e tivesse seu sistema desestabilizado, de acordo com especialistas contratados para fazer o relatório sobre o acidente.

 

O relatório apresentado aponta que a manutenção do avião corresponde à regulamentação em vigor e não havia problema técnico na aeronave. O voo 447 decolou do Rio sem nenhum problema técnico, um dos três painéis de gerenciamento de radio apresentou problema, mas o equipamento foi invertido com outro painel de gerenciamento, o que não teria causado problemas à aeronave.

 

Texto ampliado às 10h39 para acréscimo de informações.

Mais conteúdo sobre:
voo 447 Air France Airbus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.