Airbus promete até 20 mi de euros para buscas pelo 447

O diretor-presidente da Airbus, Tom Enders, afirmou ontem, em entrevista ao jornal francês La Tribune, que a companhia financiará uma terceira etapa nas buscas pelos destroços do voo AF 447, perdidos no Oceano Atlântico. O valor ficará entre 12 milhões de euros e 20 milhões de euros, montante que deve ser empregado nos trabalhos a partir de 22 de agosto, quando deveriam ser encerradas as buscas. Até essa data, o navio Pourquoi Pas?, do Instituto Francês de Pesquisa e Exploração do Mar, segue na área do acidente com dois robôs.Segundo Enders, o objetivo é achar restos do Airbus e as caixas-pretas, para que as causas do acidente possam ser esclarecidas e a segurança dos aviões, melhorada. "Queremos saber o que exatamente aconteceu." O valor será administrado pelo Escritório de Investigações e Análises para a Aviação Civil (BEA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.