Ajuda a Petrópolis demorou 8 meses

Município mais castigado pelas chuvas em dezembro de 2001, com mais de 40 mortos na véspera do Natal, Petrópolis teve de esperar até agosto de 2002 por uma ajuda de R$ 4,4 milhões do governo federal, segundo a Prefeitura da cidade. Isso correspondeu a apenas 7% dos R$ 62,5 milhões solicitados em caráter de urgência pelo prefeito Rubens Bontempo (PSB) ao presidente Fernando Henrique Cardoso.Na época, o então ministro da Integração Nacional, Ney Suassuna, disse que a liberação poderia sair em 25 dias. Mas a União não havia prometido nenhuma cifra específica.Na época, a liberação causou polêmica entre o então governador, Anthony Garotinho (PSB), e o presidente. No dia 25, Garotinho disse esperar que o governo cumprisse a "promessa de liberar verbas". Segundo ele, em 2000, a União prometeu R$ 7 milhões, mas não liberou.O presidente afirmou que houve liberação de R$ 3,6 milhões e o restante não saiu por falta de entendimento entre Estado e prefeituras.

Agencia Estado,

11 de dezembro de 2002 | 22h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.