Alagoas antecipa recesso escolar para usar escolas como abrigo

Cronograma de aulas deste ano não será prejudicado; algumas escolas irão funcionar como ponto de coleta de doações para os desabrigados

Priscila Trindade, do estadão.com.br

22 de junho de 2010 | 19h42

SÃO PAULO - O Governo de Alagoas anunciou que irá antecipar as férias de julho das escolas do Estado para que elas sirvam de abrigo para as vítimas das enchentes. As chuvas que atingem Alagoas desde semana passada já causaram 29 mortes. Até agora, 26.141 pessoas estão desabrigadas e precisam de ir para um abrigo público e outras 47.687 estão desalojadas, ou seja, foram para casas de parentes ou amigos.

 

Veja também:

linkVerba para AL e PE vai demorar pelo menos um mês para chegar

linkAjuda começa a chegar a Alagoas

linkNordeste contabiliza 41 mortos pelas chuvas

linkLula anuncia liberação de FGTS para vítimas

 

Algumas escolas já entraram em recesso na sexta-feira, 18, e em outras as férias começariam no início de julho. Por isso, o cronograma de aulas deste ano não será prejudicado.

 

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte realiza um levantamento dos estragos provocados pelas chuvas nas escolas. Após o término da análise será possível avaliar quais unidades terão de ser reconstruídas.

 

Algumas escolas irão funcionar como ponto de coleta de doações para os desabrigados, que poderão ser feitas a partir desta quarta-feira, 23. A população poderá doar roupas, alimentos não perecíveis e água potável. Os alimentos serão levados para a sede da Secretaria e depois repassados à Defesa Civil Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.