AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Alckmin abre vacinação em São Paulo

Com três gotinhas embaixo da língua do garoto João Pedro Cirelli Bertuletti, de 1 ano e 1 mês, o governador Geraldo Alckmin abriu, hoje, no Centro de Saúde de Pinheiros, a parte paulista da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite. Durante todo o dia, das 8 às 17 horas, deverão ser vacinadas em todo o Estado de São Paulo 3,5 milhões de crianças menores de 5 anos.Além da poliomielite, em São Paulo as crianças com o calendário de vacinação atrasado também receberam as vacinas tríplice (que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba), tríplice bacteriana (contra difteria, tétano e coqueluche), hepatite B e hemophilos influenza.Embora desde 1989 a poliomielite esteja erradicada do Brasil, a vacina é importante porque ainda há regiões do mundo em que a doença existe. Com a constante movimentação das pessoas pelo globo sempre há o risco de o vírus desembarcar no País. "Por isso, os pais não podem deixar de vacinar seus filhos", afirmou o governador. "É uma campanha mundial de erradicação da poliomielite."

Agencia Estado,

09 de junho de 2001 | 14h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.