Alckmin, Aécio e Serra definem estratégia da campanha para o segundo turno

Alckmin, Aécio e Serra trataram da estratégia que irão colocar em prática nesta reta final de campanha. Os três decidiram que atuarão de maneira articulada na busca de apoios em todo o País. Nesta quinta-feira, Alckmin viajará a Salvador, na Bahia, para fazer as costuras políticas necessárias. Aécio e Serra também se dispuseram a viajar pelo País, mas ainda não possuem agenda definida. Os três destacaram a importância de colocar nesta campanha de segunda turno temas de interesse do País, tais como agenda do crescimento, saúde, educação e segurança pública.O candidato da coligação PSDB-PFL à Presidência da República, Geraldo Alckmin, recebeu nesta quarta-feira em seu escritório de campanha na capital paulista, o governador reeleito em Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), o governador eleito em São Paulo, José Serra (PSDB), e o presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE). No encontro, discutiram a forma como os governadores eleitos irão atuar em prol da campanha.Serra e Aécio venceram, com larga margem de vantagem, em primeiro turno, nos dois maiores colégios eleitorais do País. Por esta razão, eles são considerados pelo comando de campanha de Alckmin essenciais para alavancar novos apoios e ajudar na conquista do eleitorado no embate com o presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva.De acordo com avaliações das campanhas do PT e do PSDB, o confronto neste segundo turno será muito acirrado e a disputa será voto a voto, daí a importância da adesão dos dois governadores eleitos na campanha tucana.José Serra já adiantou a colaboradores que vai se empenhar com afinco na campanha de Geraldo Alckmin. O tucano pretende dividir o seu tempo neste segundo turno das eleições entre a transição para o governo de São Paulo e a campanha de Alckmin, inclusive com viagens pelo País para pedir votos e apoio à candidatura de seu correligionário.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2006 | 22h18

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.