Alckmin afirma que governo quer abrir investigação

O governador Geraldo Alckmin afirmou ontem que aguarda do deputado estadual Roque Barbiere (PTB) nomes de parlamentares ou prefeituras para iniciar investigações sobre as denúncias de esquema de tráfico de emendas na Assembleia. "O governo do Estado quer apurar, dará todas as condições para a Assembleia e para o Ministério Público e fará sua própria apuração. Só precisa de um caso concreto", ressaltou.

O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2011 | 03h06

Alckmin disse que o Estado apenas libera as verbas definidas pelos deputados por meio de emendas. "É importante destacar que o governo do Estado não faz licitação. O governo transfere recursos para o município e o município licita e executa a obra", argumentou, isentando sua administração de responsabilidade sobre as supostas irregularidades.

Segundo o governador, as informações sobre as emendas liberadas já foram publicadas na internet. Ele disse também que os próximos convênios serão publicados com a indicação das cidades beneficiadas, do autor da emenda e da secretaria de Estado que liberou os recursos. "É rigor absoluto, transparência total", afirmou. / DAIENE CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.