Alckmin anuncia o fim da taxa do pedágio sem parar

O governador Geraldo Alckmin, reeleito, anunciou, nesta terça-feira, em entrevista ao telejornal Bom Dia São Paulo, o fim da taxa para o TAG eletrônico, que é o pedágio sem parar, nas estradas paulistas."Hoje há uma mensalidade de uso do TAG eletrônico de R$ 5,00. A instalação do equipamento custa R$ 20,00, mas é uma vez só e, quando vocêdevolver, recebe o dinheiro de volta. Queremos acabar com a taxa mensal. Ninguém vai pagar nada."Alckmin reafirmou que vai analisar caso a caso as tarifas de pedágio, muito criticadasdurante a campanha eleitoral. Ele confirmou que a prioridade absoluta de suaadministração será a geração de empregos. "Estamos reduzindo impostos, beneficiando 558 mil micro e pequenas empresas. Oprojeto já está na Assembléia."Citou as frentes de trabalho, além do agronegócio e mais exportações. "Outra questão importante é a requalificação das pessoas, preparando-as para omercado de trabalho, e criando cursos para o emprego nas suas regiões, evitando que gente do interior venha para a capital."

Agencia Estado,

29 de outubro de 2002 | 18h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.