Alckmin aprova fechamento de bares para conter crimes

O governador Geraldo Alckmin (PSDB), em campanha pela reeleição, apoiou ontem em Santos a proposta de fechar os bares da periferia durante as madrugadas, como forma de reduzir o número de homicídos. O diretor da Polícia Judiciária do Interior (Deinter-6), Alberto Corazza, com base num levantamento que comprova que 67% dos homicídios praticados em Santos ocorrem entre 23 e 6 horas nos bairros periféricos."Nos municípios onde essa política foi adotada, houve uma queda grande no número de homicídios, pois a maior parte desses crimes ocorre por motivo fútil, depois do uso de álcool e droga", disse o governador Geraldo Alckmin. Segundo ele, há estudos que mostram onde ocorrem esse crimes e os motivos. "Por isso, concordo com essa estratégia, pois a limitação de horário dos botecos, geralmente clandestinos, ajuda muito".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.