Alckmin considera "desrespeitosa" ausência de Lula no debate

O candidato do PSDB à presidência Geraldo Alckmin considerou a ausência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último debate antes do primeiro turno, transmitido pela TV Globo, uma "postura desrespeitosa e autoritária". Para Alckmin, "é obvio que ele perdeu" votos por não ter comparecido. "Acho que (Lula) vai levar um recado domingo do povo brasileiro, dessa sua ausência".O candidato do PSDB declarou estar confiante. "Nós vamos para o segundo turno, pode escrever ai", disse o candidato na entrevista coletiva após o debate.Ele repetiu críticas ao governo por demorar a dizer "quem é o dono do dinheiro, quem é o dono das contas", de onde vieram R$1,7 milhão apreendidos com o advogado Gedimar Passos para a compra de um suposto dossiê contra ele e o candidato ao governo de São Paulo, José Serra. "O que tem a meu respeita lá? Uma fotografia publica e uma solenidade publica", disse Alckmin referindo-se ao dossiê."Sou amplamente favorável que se investigue". Alckmin considerou natural que a candidata do PSOL Heloísa Helena fizesse críticas a seu partido no debate."Ela era do PT. Sempre teve postura crítica ao governo FHC. Ela repete", disse: "Eu tenho os olhos voltados para o futuro", afirmou o candidato.Amanhã, Geraldo Alckmin vai à Uberlândia com Aécio Neves, à tarde para vai para São Paulo e passa o sábado no Rio de Janeiro. No domingo, o candidato vota em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.