Alckmin desiste de construir cadeiões em Osasco

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, desistiu de construir dois centros de detenção provisória (CDP), conhecidos como cadeiões, na cidade de Osasco, atendendo a um pedido da prefeitura do município. Ele explicou que o Estado fará agora um CDP em uma cidade mais próxima de São Paulo e uma penitenciária compacta no interior. O governador não quis adiantar onde serão construídos.Alckmin apenas ressaltou que não serão em Osasco. Ele disse também que não serão feitos em municípios vizinhos a São Paulo. "Temos duas alternativas, estamos fechando essa propostas. Consideramos que Osasco já deu uma contribuição importante, pois temos aqui dois CDPs", explicou."Conseguimos local para um CDP e uma penitenciária compacta em outros municípios, sem problema de incompatibilidade com a comunidade local, sem reação. Chegamos ao ideal, que é fazer num local onde não há tanto problema", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.