Alckmin diz que Lula "vai pagar" por ausência em debate

Os candidatos à Presidência da República chegaram aos estúdios da TV Bandeirantes, no Morumbi, em São Paulo, onde às 22 horas participam do primeiro debate entre os postulantes ao Palácio do Planalto. Dos seis candidatos convidados, apenas o presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, não aceitou o convite da emissora.O primeiro candidato a chegar foi o senador do PDT Cristovam Buarque. Ele chegou pouco depois das 21 horas acompanhado de assessores. O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, também fez parte da comitiva de Buarque. Na chegada, o pedetista aproveitou para comentar a crise de segurança no Estado de São Paulo, considerando que o País vive uma "guerra civil".Em seguida, chegou o candidato pelo PSDB e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O tucano chegou acompanhado por sua esposa, Lu Alckmin, e de seus três filhos: Sofia, Geraldinho e Tomaz. O presidente do PPS, partido que apóia a candidatura do PSDB, Roberto Freire, também acompanhou Alckmin na chegada.Logo na entrada, Alckmin disse que o presidente Lula "vai pagar" por sua ausência no debate. "É uma falta de apreço para com a democracia. Vida pública, o nome já diz: é pública", sentenciou. O tucano acrescentou ainda que Lula terá de explicar se esse não comparecimento é sinônimo de oportunismo eleitoral.Cristovam Buarque foi na mesma linha. O candidato anotou que a ausência de Lula representa um desrespeito à sociedade: "falta de respeito ao povo; falta de respeito à democracia", afirmou.Após Buarque e Alckmin, chegaram ainda os candidatos Luciano Bivar (PSL), José Maria Eymael (PSDC).Heloisa Helena (PSOL), que chegou de táxi, a exemplo de Buarque e Alckmin, comentou que espera um debate tranqüilo e civilizado, como merece o eleitor brasileiro. Ela acrescentou ainda que se sente honrada por ser a primeira mulher a ser candidata à Presidência da República: "Espero honrar toda a história de luta da mulher brasileira", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.