Alckmin diz que mantém contato com Petrelluzzi

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse, no início da tarde, em Barretos, na região de Ribeirão Preto, que estava em contato permanente com o secretário de Segurança Pública, Marco Vinício Petrelluzzi, sobre o seqüestro do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT). "A polícia toda está empenhada, e estamos fazendo todo o esforço para resolver rapidamente essa situação", disse Alckmin, em rápida entrevista coletiva, ao sair da Santa Casa de Misericórdia de Barretos. Ele visitou antes o Hospital do Câncer da cidade e seguiu, depois, para Terra Roxa (inauguração do Banco do Povo e entrega de 50 unidades habitacionais), Monte Azul Paulista (entrega do anel viário) e Guapiaçu.Alckmin disse novamente que não tem pressa para definir sua candidatura à reeleição. "É o povo quem decide, mas não tenho pressa no processo sucessório, pois ainda tem a convenção partidária", comentou o governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.