Alckmin e Aloysio ''duelam'' no interior

De olho no governo de SP, os 2 secretários lançam edital para obras e anunciam investimentos em infraestrutura

Gustavo Porto, O Estadao de S.Paulo

13 de março de 2010 | 00h00

Em ritmo de pré-campanha pelo PSDB à sucessão do governador José Serra (PSDB), os secretários Aloysio Nunes Ferreira, da Casa Civil, e Geraldo Alckmin, do Desenvolvimento, focam agenda na região de Ribeirão Preto e Campinas, no interior paulista.

Ex-governador de São Paulo, Alckmin deve visitar hoje quatro cidades: São José do Rio Pardo e Mococa, na região de Campinas, além de Cajuru e Altinópolis, no entorno de Ribeirão Preto, noroeste do Estado. Até agora favorito nas pesquisas de intenção de votos para suceder ao governador paulista, ele deve anunciar investimentos para o ensino técnico.

Em São José do Rio Pardo, o secretário vai lançar o edital para as obras de construção do novo prédio da Escola Técnica (Etec) da cidade, na qual o governo prevê investimentos de cerca de R$ 11,6 milhões.

Em Mococa, Alckmin assinaria ordem de serviço para investimentos de R$ 445 mil na reforma e na ampliação da Etec Francisco Garcia. Já na região de Ribeirão Preto, em Cajuru e em Altinópolis, o secretário de Desenvolvimento cumpre agenda para assinatura de convênios com as prefeituras para a criação de classes descentralizadas em unidades do Centro Paula Souza nos municípios.

PALANQUE

Em busca de apoio político para tentar a missão de suplantar Alckmin e ser indicado candidato tucano ao governo, Aloysio escolheu a região noroeste do Estado para anunciar investimentos em infraestrutura.

Ontem, o secretário da Casa Civil esteve em Jaboticabal, onde anunciou R$ 1 milhão de investimento para obras de infraestrutura na cidade. Durante o evento, os deputados estadual Geraldo Vinholi (PSDB) e federal Arnaldo Jardim (PPS) discursaram e defenderam a candidatura de Aloysio ao governo paulista.

Em seu pronunciamento, Aloysio foi comedido e afirmou que ainda não sabe qual será o seu destino político, nem quando - e se - vai deixar o cargo até o início de abril.

Já em Araraquara, o secretário da Casa Civil assinou um convênio que prevê a liberação de R$ 1 milhão para recapeamento e pavimentação asfáltica das ruas e avenidas do município do interior paulista.

ENCONTRO

O PSDB realiza hoje, na Câmara Municipal de Ribeirão Preto, um encontro regional para discutir as estratégias das campanhas majoritária e proporcional para as eleições de outubro deste ano.

O evento terá a presença do presidente estadual do partido, o deputado Mendes Thame, e do vice-presidente, também deputado Duarte Nogueira.

Nogueira, que é de Ribeirão Preto e foi secretário de Agricultura de Alckmin entre 2003 e 2006, é um dos principais articuladores da campanha para que o ex-governador volte ao Palácio dos Bandeirantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.