Alckmin inaugura nova pista da Imigrantes

O governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) chegou por volta das 10h30 ao km 41 da Rodovia dos Imigrantes, para a cerimônia de inauguração da Pista Descendente da Rodovia dos Imigrantes. Cerca de duas mil pessoas participam do evento, entre eles deputados federais e estaduais, vereadores, secretários de Estado e prefeitos das regiões do ABC e da Baixada Santista, além de autoridades ligadas à Concessionária Ecovias, que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes. Segundo o diretor-presidente da Ecovias, Irineu Meireles, a nova pista ligando São Paulo à Baixada Santista, deve terminar com os congestionamentos de até oito horas, registrados na rodovia às vésperas de feriados prolongados. "Estamos acabando com aquele sofrimento, além de aumentar a segurança e a tecnologia no sistema", disse Meireles. A partir de amanhã, quando a nova pista estará aberta ao usuário, o pedágio, nas praças do planalto será de R$ 9,60, um aumento de 45%. "Foi um aumento aliado a uma redução porque, no Litoral Sul, as praças de pedágio passaram a Ter uma tarifa de R$ 2,60, uma diminuição de 60%", disse Meireles. Meireles espera que os municípios da Baixada Santista também façam melhorias no sistema viário urbano para poder receber o aumento de veículos na região, sem problemas de congestionamento no limite urbano. "Na época das férias, a Baixada Santista recebe um milhão de veículos a mais; é quase o dobro do normal. Nossa expectativa é que os municípios absorvam esse aumento de tráfego". Meireles anunciou que, neste próximo final de semana, já será implantada a Operação 7 por 3, para o feriadão do Natal. Esse esquema substitui a antiga Operação 5 por 2. No retorno do Natal, haverá a inversão, com a implantação da Operação 2 por 8 (duas Imigrantes e uma Anchieta subindo; e uma Anchieta descendo).Veja especial sobre a nova Imigrantes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.