Alckmin inicia maratona de encontros com prefeitos

Logo após participar do evento do PSDB ontem em Brasília, o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), desembarcou na capital paulista e deu pontapé inicial à procissão que fará para manter a campanha do presidenciável tucano José Serra nas ruas.

Roberto Almeida, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2010 | 00h00

Ontem à noite, Alckmin discursou para prefeitos e deputados do PPS de São Paulo com musculatura política renovada. E fará o mesmo hoje à noite com quadros paulistas do DEM e amanhã com representantes do PTB.

"O primeiro turno foi bem. O Serra também venceu a eleição aqui, mas o segundo turno é muito curto. A ideia é não interromper e fazer um trabalho crescente", disse Alckmin ao Estado.

O objetivo, segundo o governador eleito, é capturar o espólio eleitoral da candidata verde Marina Silva. "Vamos crescer fortemente em São Paulo. Os 20% (porcentagem de votos de Marina) têm muito mais afinidade conosco do que com a outra candidata (a petista Dilma Rousseff)", afirmou o tucano.

Para isso, Alckmin deve percorrer três cidades por dia e tentar incitar, com apoio dos prefeitos, uma virada na disputa federal. A estratégia é semelhante à adotada pelo senador eleito Aloysio Nunes (PSDB), que apostou na força de prefeitos da coligação para conseguir a vaga no Congresso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.