Alckmin não compreende o País em que vive, diz Tarso

O ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro, afirmou nesta segunda-feira, ao chegar ao comitê da campanha pela reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o candidato da coligação PSDB-PFL à presidência da República, Geraldo Alckmin, "não compreende o País em que vive". Tarso fez essa afirmação ao contestar a declaração de Alckmin de que Lula quer "tapar o sol com a peneira" ao dizer que a reforma política ajudará a combater a corrupção. "O País precisa de reforma política, porque o sistema atual alimenta a corrupção. A reforma política é um ato de mudança para impedir que as pessoas que erram tenham facilidade de continuar a agir. Quem não compreende isso não compreende o País em que vive. E parece ser (essa) a situação do candidato Alckmin", afirmou Tarso.Na avaliação do ministro, a Operação Sanguessuga, que investiga o envolvimento de mais de 100 parlamentares no esquema de venda superfaturada de ambulâncias a prefeituras, é "uma ação do governo contra (um caso de) corrupção que começou em 1995".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.