Alckmin promete apresentar pacote anticorrupção

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, pretende apresentar na próxima semana o seu pacote anticorrupção. Segundo ele, o pacote trará propostas não apenas para combater a corrupção, mas também medidas de prevenção. "Vamos fazer um pacote para prevenir. Não só para consertar o que aconteceu, como também evitar que a corrupção aconteça", afirmou Alckmin. Segundo ele, os escândalos do mensalão e das sanguessugas não são isolados e já começam, a atingir vários ministérios. "Não existem casos isolados de corrupção. Ela perpassa por vários ministérios. Agora é a compra de ônibus para inserção digital", disse. O candidato defendeu a criação de instrumentos "mais modernos de gestão, seja através de mecanismos de auditoria, seja para rever a questão dos convênios e mudanças legislativas". Ele deu como exemplo alterações no orçamento, a adoção de compras eletrônicas e controle de custos. "É preciso reduzir o custo Brasil, reformar o Estado, desburocratizar e ter controle do dinheiro público para que a ineficiência do Estado não atrapalhe o Brasil e não atrapalhe a eficiência das empresas", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.