Alckmin promete curso de língua estrangeira para 600 mil alunos

Geraldo Alckmin, candidato tucano ao governo de São Paulo, prometeu ontem que, se eleito, dará gratuitamente um ano de curso de uma segunda língua - inglês, espanhol ou outro idioma - a 600 mil alunos do ensino médio.

Roberto Almeida, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2010 | 00h00

"Hoje nós temos 60 mil alunos. Minha meta é levar para os alunos do ensino médio, 600 mil alunos, fazer curso de 1 ano de inglês. Não só inglês, mas uma segunda língua", afirmou Alckmin durante palestra a empresários da seção paulista da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB-SP).

O candidato tucano fez referência aos Centros de Estudos de Línguas (CELs), da Secretaria de Estado da Educação.

Hoje, segundo a secretaria, há 58 mil alunos matriculados em 97 CELs no Estado. Ao todo, 20 estão no município de São Paulo, 16 na Região Metropolitana e 61 em cidades do interior.

Ensino técnico. À noite, o candidato disse em entrevista ao SPTV, da TV Globo, que pretende fortalecer o ensino médio junto com as escolas técnicas estaduais (Etecs).

"Oferecer ao nosso jovem, para ele ter um futuro melhor, a possibilidade de ele fazer simultaneamente o médio e o técnico. Ele já sai com os dois diplomas. E reforço escolar", afirmou Alckmin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.