Alckmin quer entregar trecho Oeste do Rodoanel em 70 dias

Os 32 quilômetros que compõem o trecho Oeste do Rodoanel deverão ser entregues pelo governo paulista até o final de setembro, segundo informou nesta terça-feira o governador Geraldo Alckmin (PSDB) após inspecionar as obras. "O esforço que está sendo feito, aproveitando essa época que não chove, é para que todo o trecho Oeste seja entregue em 70 dias, ou seja, até o final de setembro", disse ele. Alckmin reiterou que a intenção do governo não é mais entregar trechos da obra, como estava sendo feito. "Pretendemos entregar toda a asa Oeste, inclusive as pontes sobre o rio Tietê, as passagens subterrâneas da rodovia Castello Branco e os dois túneis até chegar à rodovia Anhangüera", afirmou. O governador afirmou também que os recursos prometidos pelo governo federal para a obra R$ 160 milhões este ano "estão começando a chegar". Segundo ele, R$ 32 milhões já foram disponibilizados pela União. Toda a obra do trecho Oeste está orçada em R$ 756 milhões. Incluindo os gastos com desapropriação, o valor chega a R$ 1,220 bilhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.