Além de invasão a prédios, sem-teto fazem passeata em SP

Cerca de 600 sem-teto faziam uma passeata por volta das 11 horas em São Paulo. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes partiram da Avenida Radial Leste, na altura do Viaduto Bresser, e às 11 horas encontravam na Rua Mem de Sá, região do Brás. A caminhada deve terminar na Praça da Sé, região central da cidade, onde está previsto um grande ato público. Conforme ainda a CET, apesar da passeata, o trânsito não estava sendo prejudicado naquela área.Além da passeata, famílias de sem-teto tentaram invadir três prédios na capital na madrugada desta segunda. Uma das invasões foi frustrada por um segurança que atirou várias vezes para cima e impediu a entrada de 50 sem-teto em um prédio localizado na esquina da Rua Genebra com a Rua Aguiar de Barros, na Bela Vista.Nas outras duas invasões - uma também na Bela Vista e outra em Capão Redondo - os sem-teto conseguiram entrar nos prédios. Na Bela Vista, cerca de 100 famílias invadiram um edifício na Rua Conselheiro Ramalho, 209, nas proximidades da Rua Conselheiro Carrão. De acordo com os sem-teto, policiais tentavam impedir a entrada de água e alimentos no local por volta das 10 horas.No Capão Redondo foi invadido um conjunto habitacional cujos imóveis são financiados pela Caixa Econômica Federa. A área foi invadida por integrantes da Frente de Luta por Moradia (FLM), que alegam que a construção do conjunto habitacional já se arrasta há três anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.