Alemão não paga programa e é denunciado por menores

O alemão Karsten Heiko Kunze, 38 anos, foi preso pela polícia civil, ontem à noite, no calçadão da praia de Boa Viagem, zona sul do Recife, denunciado por duas menores de ter feito sexo com elassem pagar a quantia previamente combinada. As meninas, uma de 15 anos e outra de 14 anos, disseram que o turista não pagou R$ 50,00 pelo programa.A delegada Conceição de Fátima Ferreira disse que ele confessou ter feito três programas com uma das meninas e um com a outra, desconhecendo que elas eram menores de idade. Ele foi preso em flagrante por favorecimento à prostituição (independente da idade das acompanhantes) e poderá ser condenado a uma pena de 3a 8 anos de prisão. De acordo com a delegada, ele só poderia responder por atentado àmoral e ao pudor se as menores fossem representadas por familiares.Elas disseram não ter parentes no Recife. Para o delegado federal Francisco Martins, o estrangeiro veio a Pernambuco fazer turismo sexual. ele poderá ser deportado para a Alemanha se for condenado. Segundo Martins, Kunze já tinha passagem pela Polícia Federal por ter armado confusões em dois vôos que fez ao Brasil. "Ele é agressivo e na última vez chegou a ser levado a um manicômio, mas o psiquiatra que o atendeu disse que ele não tinha nada"` afirmou odelegado. O alemão foi encaminhado para o presídio Aníbal Bruno e as menores ao Conselho Tutelar do bairro de Boa Viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.