Alerta com flores no Ibirapuera

Diversas atividades devem ocorrer hoje em todo País como parte do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Mas a mobilização já começou ontem de manhã nos portões do Parque do Ibirapuera, onde mais de duas mil gérberas foram distribuídas. Tratar de um assunto difícil de forma leve foi a maneira encontrada por entidades e organizações não-governamentais para sensibilizar a população. Com a flor, organizadores entregavam um panfleto com telefones do Disque Denúncia Nacional - o Disque 100 - e de conselhos tutelares, orientando sobre a importância da denúncia e da responsabilidade de todos. Mais de 200 camisetas brancas também foram distribuídas para que frequentadores grafitassem, em diferentes cores, a flor símbolo do Programa Faça Bonito - Proteja nossas Crianças e Adolescentes. "O abuso e a violência sexual contra crianças não têm perfil e ocorrem em todas as camadas sociais", lembrou a diretora da ONG Farol, Lúcia Toledo.O público aprovou a iniciativa. "É uma campanha ótima para alertar os pais. Nós tentamos orientar nossos filhos a ter cuidado com pessoas mais velhas porque as crianças não têm maldade", diz o inspetor de alunos Carlos Alberto Borin, de 45 anos, que todos os domingos passeia com a família pelo Ibirapuera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.