Alertas de chuva e ressaca continuam na Bahia e no Rio

Chuva e vento fizeram com que temperatura baixasse no Rio; ondas podem chegar a até quatro metros

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

09 de abril de 2010 | 07h42

Os alertas de chuvas, com condições para alagamentos e deslizamentos de terra, e ressacas, com a formação de altas ondas, permanecem nesta sexta-feira, 9, para a Bahia e para o Rio de Janeiro, segundo informações da Climatempo.

 

Veja também:

linkDeslizamentos deixam 3 mil desabrigados em Niterói

linkSuspeita de arrastão provoca pânico em Niterói

linkGoverno: Lixo em decomposição causou deslizamento em Niterói

linkGoverno federal libera R$ 200 mi para o Rio

mais imagens Imagens sobre o drama da chuva

especial As áreas afetadas pela tragédia

blog Dava para evitar a tragédia?

 

No Nordeste, o alerta de chuvas vale para Salvador, litoral norte da Bahia, região do Recôncavo, norte baiano, e também para Sergipe e Alagoas, que devem permanecer nesta situação até sábado, 10, com risco de chuvas fortes.

 

A passagem de uma frente fria de forte intensidade deixou o tempo muito instável em Salvador. A capital baiana está há mais de 24 horas debaixo de chuva. Nesta sexta-feira, 9, o dia começou com chuva moderada, que deve continuar ao longo do dia, quase sem parar, segundo a Climatempo.

 

No Rio, a situação é muito preocupante também no mar, que está muito agitado. Na manhã desta quinta-feira, 8, houve a ocorrência de ressaca no Rio e em toda a costa do Sudeste, que fica em alerta para ressaca até o próximo sábado. As ondas ficam por volta de quatro metros no litoral fluminense e atingem até 3,5 metros no litoral de São Paulo e do Espírito Santo.

 

O ar polar, a chuva e os ventos moderados a fortes dos últimos dias baixaram a temperatura no Rio de Janeiro. A sexta-feira amanheceu com apenas 18ºC na região do Campo dos Afonsos, na zona oeste da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.