Alfândega no Rio vai destruir 100 mil CDs piratas

A Alfândega do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, vai destruir nesta quinta-feira, às 11 horas, cerca de 100 mil CDs piratas. Segundo a Receita Federal, os produtos são falsificações de trabalhos de cantores sertanejos. Serão destruídos também 1,9 mil pares de óculos, 21 mil lentes e grande quantidade de placas de vídeo para jogos de azar. As mercadorias foram apreendidas pela área de Fiscalização Aduaneira da Receita Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.