Alpinista desaparecida há 17 dias é encontrada viva na Serra do Mar

Segundo Corpo de Bombeiros do Paraná, alpinista fazia trilha sozinha e foi encontrada com saúde debilitada

EFE,

05 de setembro de 2010 | 18h47

A alpinista Denise Ciunek, que estava desaparecida desde 19 de agosto quando fazia trilha na Serra do Mar, no Paraná, foi encontrada com vida neste domingo, 5, pelos bombeiros.

Denise, uma experiente alpinista, de 38 anos, foi encontrada viva, mas com saúde debilitada, e foi imediatamente levada a um hospital na cidade de Morretes (PR), informaram porta-vozes do Corpo de Bombeiros do Paraná.

Ela havia saído de casa em 19 de agosto para fazer o chamado Caminho do Itupava, uma difícil e montanhosa trilha de 25 quilômetros na Serra do Mar, entre as cidades de Quatro Barras e Morretes.

Como Denise conhecia muito bem o caminho e tinha costume de escalar montanhas e acampar em florestas, seus familiares só avisaram às autoridades do desaparecimento no dia 27 de agosto, oito dias depois.

Segundo os bombeiros, a alpinista chegou a se registrar em um posto de controle no início da trilha e foi vista por outros excursionistas no dia em que iniciou sua expedição.

Os bombeiros informaram que a encontraram debilitada, esgotada e incapaz de caminhar.

O Corpo de Bombeiros informou que pretende transportá-la hoje mesmo de helicóptero até Curitiba, para ser atendida em outro hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
alpinistaSerra do MarBombeirostrilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.