Aluna de 12 anos levava crack para a escola em Sorocaba

Uma menina de 12 anos, aluna de uma escola pública de Sorocaba, foi detida hoje por policiais militares com oito porções de crack na bolsa escolar. A droga estava camuflada entre os cadernos.A menina estava a caminho da escola, na zona norte da cidade, quando foi detida. Ela foi abordada porque havia deixado uma casa que estava sendo vigiada pela Polícia Militar por suspeita de tráfico.A adolescente disse aos policiais que recebera a droga de um amigo e esse lhe pedira que a guardasse e não dissesse nada a ninguém. A menina negou que fizesse uso de crack.Ela foi levada para a Delegacia da Infância e Juventude (Diju). A mãe da estudante, convocada para prestar esclarecimentos, manifestou surpresa com a atitude da filha. A adolescente será apresentada ao Juizado da Vara da Infância e da Juventude.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2004 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.